sicnot

Perfil

Mundo

Le Pen pede suspensão imediata das negociações de adesão da Turquia à UE

​A líder do partido de extrema-direita francês pediu a suspensão imediata das negociações de adesão à União Europeia (UE) da Turquia, país que, segundo a eurodeputada, enfrenta atualmente uma "loucura depuradora" sem limites.

"A loucura depuradora do Governo islâmico de Ancara não conhece limites e derruba um a um os últimos pilares da democracia turca, conduzindo o país para o caminho de uma ditadura confessional", disse Marine Le Pen num comunicado, sublinhando que encarou como uma provocação a manutenção do processo negocial entre a Turquia e Bruxelas.

Na sequência da tentativa de golpe militar, de 15 de julho, o executivo turco declarou o estado de emergência e desencadeou uma purga em diversos organismos estatais e setores da sociedade turca para localizar os alegados seguidores de Fethullah Gülen, o clérigo e opositor exilado nos Estados Unidos e que Ancara acusa de ter patrocinado o golpe.

Na mesma nota, Marine Le Pen frisou que a UE iniciou as negociações de adesão "contra a opinião dos povos" e destacou que o processo "já custou muito aos contribuintes franceses que nunca foram consultados".

A líder da Frente Nacional indicou que será "intolerável e inaceitável" se a Comissão Europeia "mantiver um silêncio cúmplice perante um poder agarrado ao despotismo, que atropela sem vergonha a democracia e o Estado de Direito", princípios inscritos nos critérios de adesão.

Especialmente quando, segundo apontou a eurodeputada, a Comissão Europeia "acreditou que podia intrometer-se e criticar de forma escandalosa a opção soberana dos eleitores britânicos no referendo do 'Brexit'.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11