sicnot

Perfil

Mundo

Obama oferece apoio a Merkel na investigação de atentados e ataques na Alemanha

© Kevin Lamarque / Reuters

O Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, ofereceu ajuda à Alemanha na investigação dos ataques e atentados recentes no país europeu, numa conversa telefónica com a chefe do Governo alemão, Angela Merkel.

"O Presidente e a chanceler também falaram sobre a situação na Ucrânia e reiteraram a importância urgente de acabar de forma duradoura com a violência no leste da Ucrânia e da aplicação completa e rápida dos acordos de Minsk", segundo um comunicado da Casa Branca.

Obama falou com Merkel na quarta-feira, "a quem apresentou as condolências do povo americano às vítimas dos recentes atentados terroristas e ataques no sul da Alemanha", informa a Presidência norte-americana.

Os dois "reafirmaram a necessidade de uma cooperação estreita entre os Estados Unidos e a Alemanha" na luta contra o terrorismo e nas questões de segurança em geral, acrescenta a mesma nota.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22