sicnot

Perfil

Mundo

Polícia brasileira prende outro suspeito de ligações a grupos terroristas

© Edgard Garrido / Reuters

Um homem brasileiro de 28 anos foi preso pela Polícia Federal do Brasil por suspeita de ligações com grupos terroristas, noticiou hoje a imprensa local.

Segundo as mesmas fontes, a detenção aconteceu na tarde de quarta-feira, na cidade de Nova Iguaçu, que fica próximo do Rio de Janeiro, onde suspeito ainda permanece.

O homem terá sido preso por causa de uma publicação no Facebook em que registou que "assistiu dolorosamente à queda de uma mesquita por terrorismo".

Contactada pela Lusa, a Polícia Federal brasileira disse que ainda não tem informações oficiais sobre o caso.

Descendente de libaneses, o detido é brasileiro e trabalha na área do comércio.

O jornal O Globo falou com o advogado do suspeito, que informou que o acusado é muçulmano e já morou no Líbano com familiares. O advogado negou o envolvimento do suspeito com terroristas.

Em 2014, Chaer Kalaoun já havia sido detido no país por posse ilegal de arma.

A prisão acontece dias depois de outra operação da polícia brasileira, que levou à detenção de 12 suspeitos de planearem ataques terroristas durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que se realizam entre 5 e 21 de agosto.

Lusa

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • Juiz impede acesso a informações bancárias e e-mails de António Mexia
    1:50

    País

    No inquérito crime que investiga a EDP, continua um braço de ferro entre o Ministério Público e o juiz de instrução. O magistrado voltou a negar o acesso a informações bancárias e a e-mails de António Mexia, que constavam dos processos da Operação Marquês e do universo Espírito Santo.

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC