sicnot

Perfil

Mundo

Cruzamento de raças pode reduzir problemas de saúde do buldogue inglês

Com temperamento meigo e aparência simpática, o buldogue inglês é muitas vezes do agrado das crianças.

© Laszlo Balogh / Reuters

O cruzamento do buldogue inglês com cães de outra raça parece ser a melhor solução para garantir a sua sobrevivência, avança um estudo norte-americano. Durante muito tempo sujeito a uma rigorosa seleção genética, o buldogue inglês ficou sujeito a vários problemas de consanguinidade, situação que segundo os investigadores poderá ser resolvida com a introdução de sangue novo.

O buldogue inglês apresenta regularmente diversos problemas de saúde. O focinho demasiado curto, muito admirado e desenvolvidos pelos criadores, tem contribuído para o aumento dos problemas respiratórios, principal causa de mortalidade desta raça.

Problemas de pele e mobilidade, que causam grande desconforto ao animal, são também muito comuns, bem como as dificuldades ao nível da reprodução.

Niels Pedersen, um dos autores do estudo da Universidade da Califórnia, publicado recentemente na revista Canine Genetics and Epidemiology, disse à BBC: "Nós tentámos uma solução para os problemas existentes (...) Se queremos tornar esta raça mais robusta, temos que a reabilitar com novas estratégias e não recorrendo aos métodos antigos".

De acordo com este investigador, o Olde English Bulldogge, raça semelhante de cães, cuja criação foi iniciada na década de 1970 nos Estados Unidos, poderá ser sério candidato para injetar sangue novo no buldogue inglês.

O buldogue inglês, também conhecido como buldogue britânico, tem desde há séculos uma estreita relação com o Reino Unido. Figuras de destaque do país, como Winston Churchill, foram fotografados ao lado dos seus animais de estimação desta raça.

Ao longo do tempo, os buldogue inglês têm-se tornado populares em todo o mundo porque são "bons cães de apartamento", como explica Pedersen. São animais com temperamento meigo e uma aparência simpática, também por isso são muitas vezes do agrado das crianças.

  • Cães detetam cheiro de diabetes em seres humanos

    Mundo

    O olfacto apurado dos cães já se mostrou útil para detetar problemas de saúde, como alguns tipos de cancro e níveis baixos de açúcar no sangue nos diabéticos. Cientistas britânicos acreditam ter descoberto porque é que os cães conseguem farejar o momento em que ocorre esta crise tão perigosa - a hipoglicémia.

  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • Os seus descontos para a Segurança Social estão em ordem?
    7:50
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Os portugueses estão cada vez mais preocupados com a reforma. O valor que se vai receber depende dos descontos que se fizerem para a Segurança Social. Mas há contabilistas que cometem burlas com o dinheiro dos clientes, há esquecimentos, e empresas que deixam de pagar as contribuições por falta de verbas. O Contas Poupança explica-lhe como pode ver neste instante se todos os seus descontos estão nos cofres da Segurança Social, e corrigir algum erro antes que seja tarde demais.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.