sicnot

Perfil

Mundo

Cruzamento de raças pode reduzir problemas de saúde do buldogue inglês

Com temperamento meigo e aparência simpática, o buldogue inglês é muitas vezes do agrado das crianças.

© Laszlo Balogh / Reuters

O cruzamento do buldogue inglês com cães de outra raça parece ser a melhor solução para garantir a sua sobrevivência, avança um estudo norte-americano. Durante muito tempo sujeito a uma rigorosa seleção genética, o buldogue inglês ficou sujeito a vários problemas de consanguinidade, situação que segundo os investigadores poderá ser resolvida com a introdução de sangue novo.

O buldogue inglês apresenta regularmente diversos problemas de saúde. O focinho demasiado curto, muito admirado e desenvolvidos pelos criadores, tem contribuído para o aumento dos problemas respiratórios, principal causa de mortalidade desta raça.

Problemas de pele e mobilidade, que causam grande desconforto ao animal, são também muito comuns, bem como as dificuldades ao nível da reprodução.

Niels Pedersen, um dos autores do estudo da Universidade da Califórnia, publicado recentemente na revista Canine Genetics and Epidemiology, disse à BBC: "Nós tentámos uma solução para os problemas existentes (...) Se queremos tornar esta raça mais robusta, temos que a reabilitar com novas estratégias e não recorrendo aos métodos antigos".

De acordo com este investigador, o Olde English Bulldogge, raça semelhante de cães, cuja criação foi iniciada na década de 1970 nos Estados Unidos, poderá ser sério candidato para injetar sangue novo no buldogue inglês.

O buldogue inglês, também conhecido como buldogue britânico, tem desde há séculos uma estreita relação com o Reino Unido. Figuras de destaque do país, como Winston Churchill, foram fotografados ao lado dos seus animais de estimação desta raça.

Ao longo do tempo, os buldogue inglês têm-se tornado populares em todo o mundo porque são "bons cães de apartamento", como explica Pedersen. São animais com temperamento meigo e uma aparência simpática, também por isso são muitas vezes do agrado das crianças.

  • Cães detetam cheiro de diabetes em seres humanos

    Mundo

    O olfacto apurado dos cães já se mostrou útil para detetar problemas de saúde, como alguns tipos de cancro e níveis baixos de açúcar no sangue nos diabéticos. Cientistas britânicos acreditam ter descoberto porque é que os cães conseguem farejar o momento em que ocorre esta crise tão perigosa - a hipoglicémia.

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.