sicnot

Perfil

Mundo

Detido líder religioso afegão por raptar e desposar menina de seis anos

Um "mullah" (líder religioso) afegão foi detido por ter raptado e desposado uma menina com seis anos, informaram os dirigentes provinciais de uma região remota do Afeganistão, marcada por numerosos abusos contra as mulheres.

Mohammad Karim, com 60 anos, foi detido "há dois dias" na província de Ghor, no cento do país, apesar de garantir que a criança lhe tinha sido oferecida pelos pais como uma "oferta religiosa", indicaram aqueles responsáveis à AFP.

Mas, segundo o gabinete do governador, citando a família, a menina tinha sido raptada na província de Herat, fronteiriça com o Irão, há várias semanas, durante o Ramadão.

A vítima foi colocada num abrigo para mulheres e os seus pais estão em trânsito para a província, avançou a responsável para os assuntos femininos de Ghor, Masoom Anwari, que acrescenta que ela está em estado de choque.

"A menina não fala e só repete uma coisa: 'Tenho medo do homem'", detalhou.

A idade legal para o casamento no Afeganistão é de 16 anos para as raparigas e 18 para os rapazes.

Este novo caso de casamento precoce ocorre duas semanas depois da morte dolorosa de uma adolescente de 14 anos, casada desde os 12, também na província de Ghor.

Zahra, morta devido a queimaduras profundas, depois de dois anos de tormentos e maus tratos, tinha sido dada a uma família em troca de uma nova esposa para o seu pai.

O pai de Zahra tinha assim casado com a irmã do marido da sua filha.

A Comissão Independente dos Direitos Humanos no Afeganistão, em 2015, registou 235 casamentos precoces, metade dos quais envolvendo meninas com entre 11 e 15 anos, mas em 7% dos casos as idades situavam-se entre os sete e os 10 anos.

Uma outra prática afegã, o 'baad', consiste em oferecer uma menina para regular um diferendo entre famílias.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.