sicnot

Perfil

Mundo

Dois homens entregues pela Áustria a França foram acusados terrorismo

Dois homens entregues esta sexta-feira pela Áustria a França, suspeitos de terem querido participar nos atentados de 13 de novembro na capital francesa, foram acusados em Paris e detidos, revelou uma fonte judicial à AFP.

Adel Haddadi, um argelino de 29 anos, e Mohamad Usman, um paquistanês de 35, foram acusados de "associação de malfeitores e terrorista", especificou a fonte.

Os dois homens tinham sido detidos num centro de refugiados na Áustria em dezembro e eram objeto de um mandado de detenção europeu emitido pela França.

A justiça austríaca anunciou hoje a sua entrega a França.

A justiça francesa suspeita que os agora detidos tenham procurado entrar em França, no outono passado, para participarem nos ataques de novembro em Paris, que provocaram 130 mortos e mais de 350 feridos.

Lusa

  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15