sicnot

Perfil

Mundo

Três empresários detidos na sequência de tentativa falhada de golpe na Turquia

© Umit Bektas / Reuters

As autoridades turcas prenderam hoje três magnatas no âmbito das investigações às atividades do clérigo turco Fethullah Gülen, com base nos Estados Unidos, após a tentativa falhada de golpe de Estado em meados deste mês.

As forças de segurança na cidade central de Kayseri procederam à detenção do presidente da empresa detida pela sua família Boydak Holding, Mustafa Boydak, e dois outros executivos, informou a agência de notícias Anadolu.

Mustafa Boydak e os dois outros executivos - Sükrü e Halit Boydak - foram detidos nas suas casas.

As detenções foram realizadas como parte de uma investigação ao financiamento das atividades do Fethullah Gülen na Turquia.

Ancara responsabiliza o clérigo turco Fethullah Gülen pelo falhado golpe de Estado realizado a 15 de julho contra o Presidente Recep Tayyip Erdogan.

O clérigo negou, a partir dos Estados Unidos, onde está exilado, ter qualquer ligação ao golpe de Estado falhado.

Quase 16.000 pessoas foram detidas até à data na sequência da tentativa falhada de golpe de Estado.

Na quinta-feira, a Turquia advertiu o Quirguistão do risco de golpe de Estado por simpatizantes do clérigo turco, explicando que eles se infiltraram em todas as instituições daquela ex-república soviética.

Após o fracasso do golpe de Estado, a agência turca Anadolu afirmou que uma organização com ligações a Gülen tem atuado em nove escolas primárias e secundárias, duas escolas internacionais e uma universidade no Quirguistão.

Ancara acusa Fethullah Gülen de estar a construir a sua influência através de uma extensa rede de ensino privado, não só na Turquia, mas também na África e na Ásia Central.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.