sicnot

Perfil

Mundo

Jovens sírios celebram jornada da juventude e enviam vídeo de saudação ao papa

Cerca de 1.200 jovens católicos estão hoje celebrar a Jornada Mundial da Juventude, em Alepo, na Síria, e enviaram um vídeo de saudação ao papa e aos milhares de peregrinos que participam no encontro, em Cracóvia.

Mais de trinta associações, grupos religiosos e escolas de Alepo decidiram organizar o encontro, que é especialmente complicado num país devastado pela guerra, disse um dos organizadores, o padre salesiano Pier, citado pela agência espanhola Efe.

O encontro decorre na igreja salesiana de Santa Matilde, em Alepo, e oferece momentos de catequese, adoração, reconciliação na guerra, intercâmbio de experiências e orações pela paz na Síria e em todo o mundo.

Este é o cenário de onde 1.200 jovens fizeram o vídeo intitulado "Move the Heart", com o qual saúdam o Papa Francisco e participantes na Jornal Mundial da Juventude, na Polónia.

No vídeo, recordam o lema da reunião em Cracóvia: "Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia".

Lusa

  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.