sicnot

Perfil

Mundo

Polícia belga detém dois suspeitos de prepararem ataque terrorista

Bruxelas mantém-se no 3º nível /numa escala de quatro) de alerta terrorista

© Francois Lenoir / Reuters

A polícia belga deteve dois homens suspeitos de planearem um ataque na Bélgica, anunciaram as autoridades. São dois irmãos, com mais de 30 anos.

Última atualização às 10:16

Os dois homens foram detidos depois da polícia ter feito várias buscas domiciliárias esta sexta-feira à noite, na região de Liege, a cerca de 90 kms de Bruxelas.

De acordo com a polícia belga, tratam-se de dois irmãos, com mais de 30 anos. Foram identificados como Nourredine H. e Hamza H.

Ambos serão presentes ao juíz durante o dia hoje.

Até ao momento, não há qualquer ligação aos ataques no aeroporto e no metro de Bruxelas que fizeram 32 mortos a 22 de março.

A polícia fez sete buscas a casas na região de Mons e outra em Liege. Não foram encontradas armas ou explosivos.

  • Se

    Se Jaime Marta Soares tiver razão, se a ciência e as autoridades não forem - outra vez? - manipuladas pelo poder político, se a investigação - independente - concluir que o fogo começou muito antes da trovoada, então, estamos diante de um dos maiores embustes do Portugal democrático.

    Pedro Cruz

  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.

  • "Teria sido muito mais fácil para mim, perante as dificuldades, demitir-me"
    0:31
  • Governo cria fundo de apoio para as pessoas afetadas pelos incêndios
    1:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O ministro do Planeamento e Infraestruturas reuniu-se esta quarta-feira com os autarcas de Figueró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrógão  Grande. O Governo criou um fundo financeiro, com o contributo dos portugueses, para apoiar a reconstrução das habitações e a vida das pessoas afetadas pelos incêndios que lavram desde sábado. O fundo será aprovado quinta-feira em Conselho de Ministros.

  • A reconstrução da Nacional 236
    1:44