sicnot

Perfil

Mundo

Polícia belga detém dois suspeitos de prepararem ataque terrorista

Bruxelas mantém-se no 3º nível /numa escala de quatro) de alerta terrorista

© Francois Lenoir / Reuters

A polícia belga deteve dois homens suspeitos de planearem um ataque na Bélgica, anunciaram as autoridades. São dois irmãos, com mais de 30 anos.

Última atualização às 10:16

Os dois homens foram detidos depois da polícia ter feito várias buscas domiciliárias esta sexta-feira à noite, na região de Liege, a cerca de 90 kms de Bruxelas.

De acordo com a polícia belga, tratam-se de dois irmãos, com mais de 30 anos. Foram identificados como Nourredine H. e Hamza H.

Ambos serão presentes ao juíz durante o dia hoje.

Até ao momento, não há qualquer ligação aos ataques no aeroporto e no metro de Bruxelas que fizeram 32 mortos a 22 de março.

A polícia fez sete buscas a casas na região de Mons e outra em Liege. Não foram encontradas armas ou explosivos.

  • Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade
    3:12
  • Peso dos salários na economia diminuiu
    2:34

    Economia

    Portugal é dos países onde o peso dos salários na economia mais diminuiu. Ou seja, os salários portugueses foram dos mais encolheram com a crise. A conclusão é da Organização Internacional do Trabalho que sublinha as implicações negativas ao nível social e económico.

  • Inaugurado Ikea de Loulé
    3:51

    Economia

    Centenas de pessoas aguardavam à porta do Ikea de Loulé para a inauguração da nova loja no Algarve, uma semana depois do acidente que matou uma trabalhadora. A cerimónia decorreu de forma sóbria, ainda que com alguma pompa e circunstância.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.

  • Juncker reprova com ironia apoio de Trump

    Brexit

    O Presidente da Comissão Europeia disse hoje com ironia que promoverá a independência do Ohio ou de Austin, no Texas, em relação aos Estados Unidos se o presidente Donald Trump continuar a incitar países europeu a seguirem o Brexit.