sicnot

Perfil

Mundo

Mãe e a filha violadas por seis homens na Índia

Uma mãe e a filha adolescente foram violadas por seis homens, que as retiraram do carro onde seguiam, numa estrada em Nova Deli, e as arrastaram para um campo, onde as atacaram, informou hoje a polícia.

Um presumível grupo de assaltantes terá obrigado a parar o carro da família que circulava, no sábado, numa estrada movimentada, disse o diretor-geral da polícia, Daljeet Chaudhary.

A mãe contou à polícia que ela e a filha de 14 anos foram retiradas do veículo e violadas por seis homens.

Já os quatro homens da família disseram que foram amarrados com cordas e os seus pertences roubados durante o ataque, contou Daljeet Chaudhary disse à agência France Presse (AFP).

A polícia já deteve hoje 16 pessoas, mas continua a procurar o principal suspeito do ataque, que ocorreu no estado de Uttar Pradesh, a cerca de 65 quilómetros a sul da capital da Índia.

"O principal suspeito foi identificado. Estamos a tentar detê-lo o mais rapidamente possível e enviá-lo para a cadeia", disse o diretor-geral da polícia.

A Índia endureceu as punições para os violadores, desde o assassínio no final de 2012 de uma estudante de 23 anos em Nova Deli, vítima de violação coletiva. Mas este crime continua a ocorrer no páis. Segundo os números oficiais mais recentes, foram relatadas, em 2014, 36.735 situações de violação.

Ativistas alertam que este número será provavelmente muito maior, porque muitas mulheres não denunciam o crime devido ao estigma social ligado a estas situações.

Com Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC