sicnot

Perfil

Mundo

Papa pede aos jovens para acreditarem no mundo "sem ódios ou fronteiras"

© Stefano Rellandini / Reuters

O Papa Francisco pediu hoje aos jovens para que acreditem num "novo mundo sem ódios ou fronteiras como barreiras", na missa de encerramento Jornadas Mundiais da Juventude, que se celebraram este ano em Cracóvia, na Polónia.

Na esplanada do Campo da Misericórdia e diante de milhões de jovens que passaram ali toda a noite, o papa Francisco animou-os defendendo "uma nova humanidade" e pediu-lhes que não se importem com os que se possam rir deles por acreditarem "numa nova humanidade, que não aceitem o ódio entre os povos nem vejam as fronteiras dos países como uma barreira".

Na missa, Francisco começou por dar o exemplo de Zaqueu, "um rico colaborador dos odiados ocupantes romanos, cujo encontro com Jesus mudou a sua vida", falando dos obstáculos que teve de ultrapassar.

Falou-lhes da autoestima e do perigo de "não se sentir à altura" e de ter "uma baixa consideração de si mesmos", considerando que isso "não tem só a ver com a autoestima e afeta também a fé".

"Tu és importante! E Deus conta contigo pelo que és, não pelo que tens: para ele, nada vale a roupa que levas ou o telemóvel que utilizas, não lhe importa que estejas na moda, o que lhe importa és tu. Aos seus olhos, tens valor e o que vales não tem preço", afirmou.

© Stefano Rellandini / Reuters

De acordo com a organização do evento, pelo menos 2,5 milhões de peregrinos de todo o mundo foram hoje à missa dada pelo papa Francisco, no encerramento do festival católico global, na Polónia.

"Estimamos ter tido entre 2,5 e três milhões de pessoas" neste evento, afirmou à AFP a porta-voz Anna Chmura. A polícia não avançou quaisquer estimativas.

​Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.