sicnot

Perfil

Mundo

Air France prevê cancelar 10% dos voos na terça-feira

A companhia aérea Air France anunciou que prevê cancelar na terça-feira 10% dos seus voos, no sétimo e último dia de uma greve convocada por sindicatos do pessoal de cabine.

Depois de hoje ter anulado 20% dos voos, a companhia indicou em comunicado que na terça-feira haverá cerca de 25% de grevistas, um número inferior ao de 32% que tinha sido avançado para hoje.

Com base nas informações relativas ao pessoal que se declarou em greve, a Air France tenciona manter na terça-feira a totalidade dos voos de longa distância, 85% dos voos europeus com destino ou origem no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, e "cerca de 90%" dos voos internos em França.

A companhia indicou ainda que pontualmente poderá haver outros cancelamentos ou atrasos e acrescentou que as anulações de hoje estão de acordo com o que tinha sido previsto.

Desde o início da greve, na passada quarta-feira, já foram cancelados mais de 900 voos.

A greve destina-se a pressionar a administração a negociar o acordo que fixa as condições de trabalho, remunerações e promoções. O atual acordo expira no final de outubro e a administração propôs um prolongamento por mais 17 meses, mas os sindicatos querem um novo acordo com uma vigência de três a cinco anos.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52