sicnot

Perfil

Mundo

Cinco polícias mortos em ataque do PKK no leste da Turquia

Cinco polícias turcos foram esta segunda-feira mortos no leste do país num atentado à bomba atribuído à rebelião curda do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), anunciou um responsável local.

Os polícias das forças especiais foram mortos pela explosão de uma bomba à passagem do seu veículo em Bingol (leste), precisou o governador da província, Yavuz Selim Kösger.

Entre sexta-feira e domingo foram mortos 12 soldados turcos em combates com o PKK na província de Hakkari (sudeste) e em Ordu, uma povoação nas margens do Mar Negro (nordeste).

Os ataques contra o exército multiplicaram-se desde o fim do cessar-fogo em julho de 2015, e que vigorava há dois anos e meio nas regiões do sudeste do país de maioria curda.

O recomeço do conflito provocou centenas de mortos entre as forças rebeldes, a população civil, e as forças militares e policiais, sobretudo na sequência das operações do exército destinadas a desalojar os combatentes e ativistas curdos das zonas urbanas.

O balanço da rebelião curda, desencadeada em 1984, aponta para cerca de 40.000 mortos, e onde se incluem milhares de civis.

O PKK é considerado uma organização terrorista pela Turquia, Estados Unidos e União Europeia.

Lusa

  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01