sicnot

Perfil

Mundo

Eleições para Parlamento regional da Galiza a 25 de setembro

© Miguel Vidal / Reuters

O presidente da Comunidade Autónoma da Galiza (Espanha), Alberto Núñez Feijóo, anunciou que as eleições para o Parlamento regional vão realizar-se em 25 de setembro, a mesma data do ato eleitoral da Comunidade Autónoma do País Basco.

"Não teria sido responsável convocar as eleições galegas uma semana ou uns dias mais tarde" que no País Basco, apenas "por ter dito que seriam em outubro", disse Alberto Núñez Feijóo em conferência de imprensa.

O presidente da junta galega salientou que a realização de eleições numa data posterior a 25 de setembro não seria positivo nem para a Galiza nem para Espanha, dada a situação política que se vive neste momento e porque "prolongaria a instabilidade" que originam os diferentes processos eleitorais que tem havido nos últimos meses.

A Espanha está há sete meses com um governo de gestão, depois de as forças políticas do país não terem conseguido formar um novo governo na sequência das eleições de 20 de dezembro e 26 de junho.

A Galiza é uma das comunidades autónomas espanholas e está situada no noroeste da península Ibérica, a norte de Portugal.

Tem cerca de 2,78 milhões de habitantes e um território que corresponde a cerca de um terço de Portugal.

Lusa

  • E os nomeados são... conhecidos hoje

    Cultura

    São, esta terça-feira, conhecidos os nomeados para os Óscares. O anúncio vai ser feito a partir de Los Angeles quando forem 13h00 em Lisboa e seguido em direto numa emissão especial da SIC Notícias.

    Aqui a partir das 13:00

  • Centeno promete avançar com reformas para a zona euro
    1:45

    Economia

    Mário Centeno liderou esta segunda-feira a primeira reunião do Eurogrupo. O ministro das Finanças português prometeu pôr mãos à obra para reformar a zona euro e, sem se comprometer com datas, deixou a porta entreaberta à entrada da Bulgária na zona euro.

  • "Shutdown" nos EUA chegou ao fim
    1:05
  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.