sicnot

Perfil

Mundo

Acidente com avião da Emirates ao aterrar no Dubai sem registo de vítimas

© Ashraf Mohammad Mohammad Alam/ Reuters (Arquivo)

Um avião da companhia aérea Emirates proveniente da Índia teve esta manhã um acidente durante a aterragem no aeroporto do Dubai. Há relatos que dão conta de fumo a sair do aparelho. O Governo dos Emirados garante que todos os passageiros já sairam do aparelho, um Boeing 777, sem registo de quaisquer ferimentos. Todos os voos no Aeroporto Internacional do Dubai foram suspensos. A bordo do avião seguiam 275 passageiros e elementos da tripulação.

"Um avião da Emirates proveniente da Índia esteve envolvido num acidente ao aterrar no aeroporto internacional do Dubai", informou o departamento de comunicação do governo daquele emirado na sua conta no Twitter.

"Todos os passageiros foram retirados em segurança e até ao momento não há registo de feridos", acrescentou.

Todas as partidas do aeroporto do Dubai foram suspensas "até nova ordem", segundo a mesma fonte.

A companhia confirmou a ocorrência de "um incidente" cerca das 12:45 (09:45 em Lisboa): "Podemos confirmar que o voo EK521 de Thiruvananthapuram para o Dubai esteve envolvido num acidente no aeroporto internacional do Dubai", lê-se na conta oficial da companhia no Twitter.

"Havia 275 passageiros e tripulantes a bordo. A nossa prioridade é a segurança de todos os envolvidos", acrescentou.

A Emirates pertence ao emirado do Dubai, um dos sete que compõem os Emirados Árabes Unidos. A companhia é a maior do Médio Oriente, voando para 153 destinos em todo o mundo.

Com Lusa

  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.