sicnot

Perfil

Mundo

Ciudadanos confirmam abstenção para se formar Governo em Espanha

Francisco Seco - AP

​O líder do partido espanhol Ciudadanos, Albert Rivera, manifestou hoje ao presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, a sua "preocupação" pelo impasse político no país, mas confirmou que irá abster-se para permitir a formação de um novo executivo.

"Não é bom que os dois partidos que governaram Espanha nos últimos 40 anos estejam de costas voltadas", disse Albert Rivera depois de uma reunião com o líder do Partido Popular (PP) e presidente em funções do Governo, Mariano Rajoy.

Albert Rivera voltou a afirmar que o Ciudadanos irá abster-se se isso for necessário para deixar passar um novo Governo liderado por Mariano Rajoy, mas os deputados que tem no Congresso de Deputados não são suficientes se todos os outros partidos votarem contra esse executivo.

Na terça-feira, o secretário-geral do Partido Socialista espanhol, Pedro Sánchez, recusou a proposta de criação de uma "grande coligação" feita pelo líder do PP e que incluiria também o Ciudadanos.

Por seu lado, Mariano Rajoy avisou Pedro Sánchez que se este continuar a recusar deixar passar a sua investidura haverá eleições pela terceira vez em Espanha.

O PP foi o partido mais votado nas eleições de 26 de junho, elegendo 137 deputados num total de 350, mas precisa que o PSOE e o Ciudadanos se abstenham na votação de investidura para poder formar um governo minoritário.

O PSOE ficou em segundo lugar, conquistando 85 lugares, enquanto a aliança de esquerda Unidos-Podemos ficou em terceiro, com 71 deputados. A quarta formação mais votada foi o Ciudadanos, que alcançou 32 assentos parlamentares.

Lusa

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.