sicnot

Perfil

Mundo

Empresa norte-americana recebe autorização para enviar cápsula para a Lua

A lua de Saturno Iapetus captada pela sonda Cassini da NASA em setembro de 2007.

Uma empresa norte-americana recebeu o acordo do Governo para enviar uma cápsula não ocupada para a Lua no próximo ano, o que representa uma estreia para uma empresa privada.

Até agora apenas os governos dos Estados Unidos, da China e da então União Soviética enviaram engenhos para a Lua.

"Somos livres de explorar a Lua para saber mais e encontrar recursos para o bem de toda a humanidade", afirmou Bob Richards, administrador da 'start-up' Moon Express, fundada em 2010 e baseada no Cabo Canaveral, na Florida.

Segundo a agência France Presse, a autorização à 'Moon Express' foi dada pela agência federal de aviação norte-americana, que consultou previamente a Casa Branca e a agência espacial norte-americana, a NASA.

A empresa ainda não começou a construção da cápsula, batizada como MX-1, mas prevê que a descolagem ocorra em finais de 2017 através de um foguetão produzido por outra 'start-up'.

As 'start-up' são geralmente empresas recém-criadas e que procuram a inovação.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.