sicnot

Perfil

Mundo

Empresa norte-americana recebe autorização para enviar cápsula para a Lua

A lua de Saturno Iapetus captada pela sonda Cassini da NASA em setembro de 2007.

Uma empresa norte-americana recebeu o acordo do Governo para enviar uma cápsula não ocupada para a Lua no próximo ano, o que representa uma estreia para uma empresa privada.

Até agora apenas os governos dos Estados Unidos, da China e da então União Soviética enviaram engenhos para a Lua.

"Somos livres de explorar a Lua para saber mais e encontrar recursos para o bem de toda a humanidade", afirmou Bob Richards, administrador da 'start-up' Moon Express, fundada em 2010 e baseada no Cabo Canaveral, na Florida.

Segundo a agência France Presse, a autorização à 'Moon Express' foi dada pela agência federal de aviação norte-americana, que consultou previamente a Casa Branca e a agência espacial norte-americana, a NASA.

A empresa ainda não começou a construção da cápsula, batizada como MX-1, mas prevê que a descolagem ocorra em finais de 2017 através de um foguetão produzido por outra 'start-up'.

As 'start-up' são geralmente empresas recém-criadas e que procuram a inovação.

Lusa

  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08
  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.