sicnot

Perfil

Mundo

México interceta 104 imigrantes ilegais dentro de um camião

© Jose Luis Gonzalez / Reuters

A Procuradoria-geral mexicana informou esta terça-feira que intercetou 104 latino-americanos ilegais dentro de um camião e que investiga um homem acusado de tráfico de pessoas no estado de Tamaulipas.

Pessoal do exército mexicano revistou um camião e descobriu "104 pessoas provenientes da Guatemala, El Salvador, Honduras e Equador, que não apresentaram documentos para uma estada legal no México", informou a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Os migrantes foram descobertos quando militares instalados no posto de controlo de Oyama mandaram parar o condutor de um camião que não obedeceu à ordem e aumentou a velocidade, seguindo-se uma perseguição.

O condutor foi detido e os migrantes foram enviados para o Instituto Nacional de Migração (INM), aguardando repatriamento.

Todos os anos milhares de imigrantes ilegais da América Central tentam atravessar a fronteira para os Estados Unidos.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.