sicnot

Perfil

Mundo

Tufão Nida provocou perdas de 40 milhões de euros no sul da China

© Tyrone Siu / Reuters

O Nida, o mais intenso tufão a atingir o Sul da China nos últimos 30 anos, causou perdas económicas no valor de quase 40 milhões de euros na província de Guangdong, mas não deixou mortos.

Segundo a agência oficial Xinhua, a chuva torrencial e o vento destruíram 4.860 hectares de campos agrícolas e danificaram 485 casas, obrigando à retirada de 22 mil pessoas.

Os serviços de transporte foram também afetados, com quase 300 comboios e 150 voos suspensos.

O Nida, que entretanto perdeu intensidade, desloca-se agora a 20 quilómetros por hora e atravessa hoje a região autónoma chinesa de Guangxi, a oeste de Guangdong.

Trata-se do mais forte tufão a atingir o sul da China desde 1983, segundo os serviços meteorológicos chineses, e obrigou a medidas extraordinárias de precaução.

Na terça-feira, as escolas e empresas estiveram encerradas em Cantão, Shenzhen e Hong Kong devido ao tufão.

Todos os anos, por altura do verão, a China é atingida por numerosos tufões, sendo que este ano o mais destrutivo foi o Nepartak, que causou mais de 80 mortos na costa sudeste do país.

Lusa

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06