sicnot

Perfil

Mundo

Ataque no Afeganistão fere cinco turistas estrangeiros

Pelo menos seis pessoas, incluindo cinco turistas estrangeiros cuja nacionalidade não foi divulgada, ficaram hoje feridos num ataque à caravana em que seguiam, na província afegã de Herat, informaram fontes oficiais citadas pela AFP.

"Cinco turistas estrangeiros e o seu motorista ficaram feridos numa emboscada realizada por talibãs", disse um porta-voz do exército, Najibullah Najibi.

"A caravana foi emboscada pelos Talibã no distrito de Chesht-e-Sharif. Os turistas dirigiam-se de Herat para as províncias de Bamiyan e Ghor", disse por seu lado o porta-voz do governador de Herat, Jilani Farhad.

Os turistas viajavam sob a proteção de militares do exército afegão, que ripostaram e "vários talibãs ficaram mortos", informou.

A mesma fonte acrescentou que o veículo em que seguiam os turistas foi atingido por um tiro de rocket, mas os estrangeiros conseguiram sair.

Ficaram com ferimentos ligeiros e estão já a caminho de Herat, adiantou.

O ataque ocorreu no distrito de Chesht-e-Sharif, na província montanhosa e isolada de Ghor, no centro do Afeganistão, a meio caminho entre Bamyan e Herat, províncias ricas em património histórico e consideradas relativamente tranquilas para o país.

O ataque ainda não foi reivindicado pelos talibãs e a nacionalidade dos turistas não foi revelada até agora. Surge numa altura em que os militantes intensificam a sua ofensiva anual de verão, após uma breve trégua durante o Ramadão, que terminou no início de julho.

Viajar por estrada no Afeganistão é considerado cada vez mais arriscado, com os talibã e outros grupos armados a raptar e matar frequentemente os viajantes.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.