sicnot

Perfil

Mundo

Emitido mandado de captura contra Fethullah Gülen

Um tribunal de Istambul emitiu esta quinta-feira um mandado de captura dirigido a Fethullah Gülen, o clérigo turco exilado nos Estados Unidos, acusado por Ancara de ser o mentor do fracassado golpe de Estado, anunciou a agência noticiosa Anadolu.

O mandado de captura acusa o ex-imã, exilado no Estado da Pensilvânia desde 1999, de "ter ordenado a tentativa de golpe de Estado de 15 de julho", que fez vacilar o poder durante algumas horas e provocou 272 mortos.

Esta decisão abre caminho a um pedido formal de extradição do "principal inimigo" do Presidente turco Recep Tayyip Erdogan e que deverá ser dirigido a Washington.

Os mais altos responsáveis turcos já exigiram por numerosas vezes aos Estados Unidos a extradição de Gülen.

As autoridades norte-americanas solicitaram por sua vez o envio de provas sobre o envolvimento de Gülen na tentativa de derrube do poder em Ancara.

A Turquia afirma ter já enviado por duas vezes dossiês sobre o papel de Gülen no golpe de Estado, mas o antigo aliado do Presidente Erdogan tem desmentido todas as acusações.

O dossiê sobre a extradição arrisca-se a originar uma crise duradoura nas relações turco-americanas.

Lusa

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • Sporting critica decisão sobre vouchers antes do dérbi
    2:11

    Desporto

    A pouco mais de 24 horas do dérbi, o polémico caso dos vouchers volta a abalar as relações entre o Sporting e o Benfica. Os "leões" dizem que é falso que a UEFA tenha rejeitado a queixa contra as águias. O Comité Disciplinar do organismo europeu do futebol considerou que não há qualquer ato ilícito nas ofertas dos encarnados a árbitros.Mas para o diretor de comunicação do Sporting, a UEFA decidiu apenas não avançar com um processo porque está em curso uma investigação em Portugal.