sicnot

Perfil

Mundo

Obama assume-se como feminista

O Presidente norte-americano, Barack Obama, assumiu-se como feminista num editorial publicado esta quinta-feira por ocasião do seu 55.º aniversário e defendeu a continuação dos esforços para derrubar os preconceitos de género.

"É uma época extraordinária para ser mulher", escreveu Barack Obama na revista feminina Glamour, adiantando que não o diz apenas como Presidente mas também como feminista.

Traçando os progressos alcançados pelas mulheres, desde o direito de voto ao acesso às profissionais antes fechadas às mulheres, Obama disse que educar as suas duas filhas, atualmente com 18 e 15 anos, lhe deu consciência da pressão a que estão submetidas as raparigas e mulheres.

"Vemos os comportamentos sociais subtis e menos subtis transmitirem-se através da cultura. Vemos enorme pressão sobre as raparigas para que tenham uma determinada aparência e um certo comportamento e até mesmo uma certa forma de pensar", continuou o presidente norte-americano, que em janeiro abandona a Casa Branca depois de dois mandatos.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57