sicnot

Perfil

Mundo

Agência oficial chinesa Xinhua lança portal em português

A agência noticiosa oficial chinesa Xinhua lançou hoje um portal em português, visando "promover as relações entre a China e os países de língua portuguesa" e "aumentar a compreensão sobre o desenvolvimento económico-social da China".

O novo portal (acessível através do site http://portuguese.xinhuanet.com/) foi apresentando como uma "medida importante para implementar a diretriz do Presidente [chinês], Xi Jinping, de expandir o espaço de atuação dos média".

O 'site' propõe-se difundir "notícias de economia, política, sociedade, cultura, desporto e tecnologia", recorrendo aos formatos texto, imagem e vídeo.

A Xinhua conta, desde 2004, com um departamento em português, que emprega atualmente 14 pessoas, entre as quais três brasileiros, mas cujo conteúdo era, até agora, distribuído através de outros órgãos de comunicação.

O portal em português da Xinhua junta-se a outros que a agência já tem em inglês, francês, russo, árabe, espanhol, japonês, coreano e alemão.

O lançamento do portal em português coincide com o arranque dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, competição em que, nas últimas edições, a China tem disputado o domínio com os Estados Unidos da América.

Além da Xinhua, também a versão digital do Diário do Povo, o órgão central do Partido Comunista Chinês, e a Rádio Internacional da China (CRI, na sigla em inglês), têm um serviço em português.

O departamento em língua portuguesa do Diário do Povo arrancou no ano passado, quebrando com o 'monopólio' da CRI, o mais antigo serviço noticioso em português da República Popular da China, com 56 anos.

Naquela altura, a política externa chinesa era guiada pela defesa do internacionalismo proletário e Pequim "apoiava os países africanos na luta contra o imperialismo", nomeadamente Angola e Moçambique.

Hoje, são as crescentes relações económicas e comerciais com os países de língua portuguesa, sobretudo Brasil, Angola e Portugal, que fomentam o grande desenvolvimento do ensino do português na China.

No início do século XXI, em todo o continente chinês havia apenas duas universidades com licenciaturas em português. Hoje há 21.

Por outro lado, em 2003, a China estabeleceu a Região Administrativa Especial de Macau como a sua plataforma para o reforço da cooperação económica e comercial com os países de língua portuguesa, tendo criado nesse ano o Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, conhecido como Fórum Macau.

O Fórum Macau realiza conferências ministeriais a cada três anos e a próxima decorrerá em outubro, em Macau.

Lusa

  • E agora?
    15:07

    Reportagem Especial

    Há uma semana, Portugal voltou a ser palco de uma tragédia que matou pelo menos 44 pessoas e deixou cerca de 70 feridas. Os incêndios destruíram mais de 800 casas, dezenas de empresas e explorações agropecuárias, mataram milhares de animais e consumiram uma gigantesca área de floresta. A reportagem da SIC andou pelo concelho de Tondela, onde três pessoas morreram e o levantamento de prejuízos ainda não está fechado.

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • "Não compreendi absolutamente nada a substituição do Casillas"
    1:58
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    Os guarda-redes de FC Porto e Benfica estão neste momento em destaque depois de José Sá ter assumido a baliza dos dragões em detrimento de Iker Casillas. Nas águias, Svilar repetiu a titularidade frente ao Desportivo das Aves. Os comentadores do programa Play-Off Rodolfo Rei, Rui Santos, João Alves e Manuel Fernandes analisaram as duas situações.

  • Famílias afetadas pelos fogos começam a receber bens de primeira necessidade
    2:30
  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31

    Mundo

    O cão do Presidente francês voltou a ganhar destaque durante uma reunião de Macron com dois secretários de Estado. O labrador de dois anos foi filmado a urinar numa lareira do Palácio do Eliseu, enquanto decorria a reunião no gabinete do presidente. O momento já se tornou viral na internet.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17