sicnot

Perfil

Mundo

Daesh captura 3 mil pessoas no Iraque

O autoproclamado Estado Islâmico capturou, esta quinta-feira, três mil desalojados que fugiam da violência na província iraquiana de Kirkuk, anunciou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

"Esta manhã recebemos relatos de que o Estado Islâmico capturou, a 4 de agosto, até 3 mil deslocados" em Hawiga, na zona centro-norte do Iraque, quando "tentavam fugir para a cidade de Kirkuk", capital da província com o mesmo nome, explicou o porta-voz do ACNUR William Spindler.

O ACNUR afirma poder confirmar as informações, obtidas diretamente das autoridades locais ou em conversa com os deslocados.

Entre 20 e 21 de julho registaram-se bombardeamentos aéreos e confrontos em Hawiga, o que originou a deslocação de muitas famílias.

Uma operação militar ocidental contra o Estado Islâmico, liderada pelos Estados Unidos, está em marcha no Iraque e no país vizinho, Síria, onde o movimento 'jihadista' perdeu terreno com os ataques, ainda que mantenha sob controlo vastas áreas e populações.

Mais de três milhões de iraquianos foram deslocados devido à violência armada desde 2014 e cerca de 220 mil estão refugiados em outros países.

As Nações Unidas calculam que no final deste ano 11 milhões de iraquianos precisem de ajuda humanitária.

Lusa

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37
  • "Todas as decisões que tomei foi sempre a pensar no Sporting primeiro"
    2:08
  • Saransk tanto anseia por Ronaldo que até lhe fizeram um vídeo e uma música
    3:07
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28

    País

    O Governo prepara-se para regularizar a situação de 30 mil imigrantes ilegais que vivem em Portugal. De acordo com a edição deste sábado do semanário Expresso, o Executivo pretende também abrir portas a 75 mil novos imigrantes por ano.