sicnot

Perfil

Mundo

Daesh captura 3 mil pessoas no Iraque

O autoproclamado Estado Islâmico capturou, esta quinta-feira, três mil desalojados que fugiam da violência na província iraquiana de Kirkuk, anunciou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

"Esta manhã recebemos relatos de que o Estado Islâmico capturou, a 4 de agosto, até 3 mil deslocados" em Hawiga, na zona centro-norte do Iraque, quando "tentavam fugir para a cidade de Kirkuk", capital da província com o mesmo nome, explicou o porta-voz do ACNUR William Spindler.

O ACNUR afirma poder confirmar as informações, obtidas diretamente das autoridades locais ou em conversa com os deslocados.

Entre 20 e 21 de julho registaram-se bombardeamentos aéreos e confrontos em Hawiga, o que originou a deslocação de muitas famílias.

Uma operação militar ocidental contra o Estado Islâmico, liderada pelos Estados Unidos, está em marcha no Iraque e no país vizinho, Síria, onde o movimento 'jihadista' perdeu terreno com os ataques, ainda que mantenha sob controlo vastas áreas e populações.

Mais de três milhões de iraquianos foram deslocados devido à violência armada desde 2014 e cerca de 220 mil estão refugiados em outros países.

As Nações Unidas calculam que no final deste ano 11 milhões de iraquianos precisem de ajuda humanitária.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • "Podemos ser atendidos por um médico branco?"
    0:58