sicnot

Perfil

Mundo

Japão mantém ordem para intercetar mísseis após testes norte-coreanos

© KCNA KCNA / Reuters

O Japão vai manter indefinidamente a ordem de intercetar mísseis, de forma a estar preparado no caso de futuros lançamentos que ameacem a segurança do país, depois de novos testes norte-coreanos, informou hoje a televisão pública japonesa NHK.

Segundo as mesmas notícias, o Governo do primeiro-ministro Shinzo Abe está a ultimar os preparativos para manter efetiva a ordem, que normalmente só era emitida quando se detetava a preparação de um lançamento.

Com esta decisão, o Japão pode ter preparados em permanência os seus sistemas antimísseis, de acordo com fontes do governo consultadas pela NHK.

A decisão está, aparentemente, motivada pelos sucessivos testes de mísseis balísticos pela Coreia do Norte, que o Japão vê como uma ameaça para a sua segurança.

O lançamento mais recente ocorreu na quarta-feira, quando o regime norte-coreano lançou um míssil balístico de médio alcance a partir da sua costa sul-ocidental para as águas do Mar do Japão), assim como um segundo projétil que explodiu pouco depois do lançamento.

O Ministério da Defesa nipónico estima que o míssil lançado com sucesso tenha caído na água a 250 quilómetros da costa de Akita, no norte do arquipélago nipónico, uma zona económica exclusiva (ZEE) japonesa.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22