sicnot

Perfil

Mundo

Papa vai canonizar Madre Teresa de Calcutá em setembro

A beata Teresa de Calcutá vai ser canonizada no dia 4 de setembro, numa cerimónia presidida pelo papa Francisco na praça de São Pedro, anunciou o Vaticano.

A canonização, decretada por Francisco a 15 de março, vai integrar os atos religiosos previstos para o dia, além da missa que começará às 10h30 (09h30 em Lisboa).

Teresa de Calcutá, fundadora da Ordem das Missionárias da Caridade, vai ser canonizada um dia antes do 19.º aniversário da sua morte e durante o Ano Santo extraordinário da Misericórdia.

A canonização de Madre Teresa foi decidida depois de a Igreja católica ter aceitado, por unanimidade, a "cura extraordinária", por intercessão da futura santa, de um brasileiro, em 2008.

A aprovação pelo papa do segundo milagre, requisito fundamental para a canonização, encerrou o processo que levou à beatificação em 2003, durante o pontificado de João Paulo II, para quem Teresa de Calcutá era a "incansável benfeitora da humanidade".

Teresa de Calcutá, que se chamava Gonxha Bojaxhiu, nasceu em Skopke (na altura território albanês) a 26 de agosto de 1910 e morreu em Calcutá (Índia) a 5 de setembro de 1997. Foi proclamada beata a 19 de outubro de 2003, numa cerimónia presidida na praça de São Pedro, no Vaticano.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.