sicnot

Perfil

Mundo

Protesto antirracista bloqueia ligação de Londres ao aeroporto de Heathrow

Twitter

Uma manifestação de um movimento antirracista bloqueou hoje a autoestrada de ligação ao aeroporto de Heathrow, em Londres, causando significativos engarrafamentos, segundo a polícia britânica.

Em comunicado, a propósito do bloqueio da autoestrada, a Scotland Yard, polícia metropolitana de Londres, informa que dez pessoas foram detidas durante a manifestação, quatro das quais continuam sob custódia.

O movimento Black Lives Matter (As vidas dos negros contam) deu um pré-aviso, quando, na quinta-feira, dia em que se cumpriam cinco anos após a morte de Mark Duggan, o movimento lançou um apelo, nas redes sociais, à realização de manifestações em todo o Reino Unido, sob a palavra de ordem "nationwide#shutdown" (bloquear o país).

"Cinco anos depois. Um dia depois da morte de Mark Duggan. Um dia antes dos motins. Um momento de raiva, reflexão e reconstrução. Um momento para uma ação nacional concertada", apelou o movimento, na sua página na rede social Facebook.

Mark Duggan, negro de 29 anos, identificado pela polícia como membro do gangue Tottenham Man Dem, foi baleado duas vezes por um agente, depois de, no veículo em que seguia, ter sido mandado parar por posse ilegal de arma.

O tiroteio, registado em Tottenham, no norte de Londres, a 4 de agosto de 2011, desencadeou violentos motins nas principais cidades do Reino Unido.

Uma comissão independente ilibou o polícia que o baleou, mas, quando foi morto, Mark Duggan não estava armado.

Uma das vias da autoestrada M4 -- que liga Londres ao aeroporto de Heathrow -- foi, entretanto, reaberta, mas a circulação continua muito complicada, reconheceu a polícia.

Citado pela agência britânica PA, um porta-voz de Heathrow, um dos aeroportos mais movimentados da Europa, o bloqueio não impediu os viajantes de chegarem aos voos a tempo.

O movimento Black Lives Matter -- criado em 2012, contra "os assassinatos extrajudiciais de pessoas negras por polícias e seguranças", segundo consta na sua página da internet -- já anunciou novos protestos para hoje em Londres, Nottingham e Manchester (Norte).

A polícia de West Midlands (Centro do país) informou, entretanto, ter detido um homem e quatro mulheres, por bloqueio de uma autoestrada no sudeste de Birmingham, a segunda cidade do país.

E o jornal The Sun noticia que os manifestantes também bloquearam a circulação nas linhas de elétrico de Nottingham (Centro).

Lusa

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira