sicnot

Perfil

Mundo

Protesto antirracista bloqueia ligação de Londres ao aeroporto de Heathrow

Twitter

Uma manifestação de um movimento antirracista bloqueou hoje a autoestrada de ligação ao aeroporto de Heathrow, em Londres, causando significativos engarrafamentos, segundo a polícia britânica.

Em comunicado, a propósito do bloqueio da autoestrada, a Scotland Yard, polícia metropolitana de Londres, informa que dez pessoas foram detidas durante a manifestação, quatro das quais continuam sob custódia.

O movimento Black Lives Matter (As vidas dos negros contam) deu um pré-aviso, quando, na quinta-feira, dia em que se cumpriam cinco anos após a morte de Mark Duggan, o movimento lançou um apelo, nas redes sociais, à realização de manifestações em todo o Reino Unido, sob a palavra de ordem "nationwide#shutdown" (bloquear o país).

"Cinco anos depois. Um dia depois da morte de Mark Duggan. Um dia antes dos motins. Um momento de raiva, reflexão e reconstrução. Um momento para uma ação nacional concertada", apelou o movimento, na sua página na rede social Facebook.

Mark Duggan, negro de 29 anos, identificado pela polícia como membro do gangue Tottenham Man Dem, foi baleado duas vezes por um agente, depois de, no veículo em que seguia, ter sido mandado parar por posse ilegal de arma.

O tiroteio, registado em Tottenham, no norte de Londres, a 4 de agosto de 2011, desencadeou violentos motins nas principais cidades do Reino Unido.

Uma comissão independente ilibou o polícia que o baleou, mas, quando foi morto, Mark Duggan não estava armado.

Uma das vias da autoestrada M4 -- que liga Londres ao aeroporto de Heathrow -- foi, entretanto, reaberta, mas a circulação continua muito complicada, reconheceu a polícia.

Citado pela agência britânica PA, um porta-voz de Heathrow, um dos aeroportos mais movimentados da Europa, o bloqueio não impediu os viajantes de chegarem aos voos a tempo.

O movimento Black Lives Matter -- criado em 2012, contra "os assassinatos extrajudiciais de pessoas negras por polícias e seguranças", segundo consta na sua página da internet -- já anunciou novos protestos para hoje em Londres, Nottingham e Manchester (Norte).

A polícia de West Midlands (Centro do país) informou, entretanto, ter detido um homem e quatro mulheres, por bloqueio de uma autoestrada no sudeste de Birmingham, a segunda cidade do país.

E o jornal The Sun noticia que os manifestantes também bloquearam a circulação nas linhas de elétrico de Nottingham (Centro).

Lusa

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.