sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos sete mortos e dezenas de detidos em protestos na Etiópia

Sete pessoas morreram este sábado numa manifestação antigovernamental na Etiópia, na região de Oromia, dia em que os protestos chegaram à capital do país, Adis Abeba, onde dezenas de pessoas foram detidas pela polícia.

© Tiksa Negeri / Reuters

Os membros das duas principais etnias do país, os Oromo e Amhara, protestam há vários meses contra o Governo do país, acusando-o de discriminação a favor do grupo étnico Tigrayans, que acusam de ocupar posições chave no Executivo e nas forças de segurança.

Testemunhas citadas pela agência noticiosa France Presse relataram que pelo menos sete manifestantes morreram em Nemekte, no oeste do país, na região de Oromia.

Também hoje, dezenas de pessoas foram detidas numa concentração de cerca de 500 pessoas, com forte presença policial, na praça principal de Adis Abeba, gritando frases de protesto como "queremos a nossa liberdade" e "libertem os nossos presos políticos".

O primeiro-ministro da Etiópia, Haile Mariam Dessalegn, anunciou na sexta-feira a proibição de manifestações que "ameaçassem a unidade nacional" e apelou à polícia para usar todos os meios ao seu dispor para as prevenir.

Embora de dimensão pequena, o protesto de hoje foi o primeiro de um conjunto de manifestações promovidas pelos dois grupos étnicos - que representam cerca de 80% da população - a ocorrer na capital.

As autoridades da Etiópia admitem que pelo menos uma dezena de pessoas morreu em confrontos com a polícia devido a disputas territoriais nas últimas semanas.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura durante a noite. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vitima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.