sicnot

Perfil

Mundo

Bombardeiros russos atacam posições do Daesh na Síria

​Seis bombardeiros estratégicos Tu-22M3, da força aeroespacial russa, atacaram posições do Daesh na Síria, na periferia da cidade de Palmira, informou o ministério da Defesa russo.

"Os seis bombardeiros estratégicos Tu-22M3, que saíram do território da Federação da Rússia, atacaram objetivos do Estado Islâmico nas zonas a leste e nordeste de Palmira, junto das localidades de As Suhnah e Arak", de acordo com um comunicado do ministério da Defesa russo.

Os aparelhos regressaram à base depois de terem destruído vários postos de comando e acampamentos do Daesh, três blindados e 12 veículos equipados com metralhadoras pesadas, indicou o mesmo comunicado.

A Rússia, que intervém desde o fim de setembro de 2015 na guerra síria, em apoio ao regime do Presidente Bashar al-Assad, só recorreu à aviação estratégica no mês passado, depois de os combatentes do Estado Islâmico terem derrubado um helicóptero Mi-25 russo, próximo de Palmira, com dois tripulantes a bordo.

A 1 de agosto, um segundo helicóptero russo com cinco militares a bordo, foi derrubado na província síria de Idleb.

Os cinco ocupantes do aparelho, que Moscovo afirmou estar a realizar uma missão humanitária, morreram no ataque.

Lusa

  • "É preciso despartidarizar o sistema de Proteção Civil", diz Duarte Caldeira
    2:47
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • Arcebispo de Braga pede responsabilidades pelos incêndios
    1:40

    País

    Braga também sofreu um dos mais violentos incêndios dos últimos anos. O fogo descontrolado atravessou várias freguesias e destruiu duas empresas. A igreja, pela voz do arcebispo de Braga, pede ação e o apuramento de responsabilidades, face a esta calamidade.

  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06