sicnot

Perfil

Mundo

Sede da conferência episcopal ortodoxa grega atacada com cocktails molotov

​A sede da conferência episcopal ortodoxa grega, no centro de Atenas, foi alvo de um ataque com cocktails molotov na madrugada de hoje, num novo ataque contra edifícios daquela Igreja.

Segundo informação da polícia, o ataque com quatro bombas incendiárias causou também danos nos veículos que se encontravam estacionados no pátio do edifício.

A polícia está a investigar as identidades dos autores do ataque.

"Não se tolerará nenhum ato de violência", disse num comunicado a porta-voz do governo, Olga Gerovasili, que realçou que a constituição grega garante a liberdade religiosa e a prática da religião sem obstáculos e que o Estado salvaguarda esse direito.

O principal partido da oposição - o conservador Nova Democracia - atribuiu os ataques à ausência de uma convicção clara por parte do partido governamental, o Syriza, de esquerda, que, apesar disso, também condenou os ataques num comunicado.

"Condenamos inequivocamente o incêndio que teve lugar no Mosteiro Petrakis na madrugada de segunda-feira. Ações deste tipo levam a uma intensificação dos reflexos conservadores da sociedade", refere um comunicado do Syriza.

Nas últimas semanas houve vários ataques semelhantes contra igrejas ortodoxas do país, como por exemplo em Atenas, Salónica ou Creta, ainda que não tenham causado graves danos.

Estes ataques não foram reivindicados, mas as autoridades consideram poderem estar relacionados com o despejo de vários edifícios ocupados por ativistas pró-refugiados em Salónica, onde deram alojamento a um grupo de migrantes e refugiados durante meses.

Um destes edifícios era um orfanato que não era usado e que era propriedade da igreja ortodoxa grega. O seu despejo desencadeou um protesto na catedral de Salónica, após o qual foram detidas 26 pessoas.

Os ataques a igrejas por todo a Grécia começaram depois deste incidente.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Buscas no Benfica? "A Justiça está a funcionar"
    0:18

    Desporto

    Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às buscas efetuadas no Benfica. À saída de uma audiência no Ministério da Educação, o presidente do Sporting abordou o tema para dizer que é sinal de que a justiça está a funcionar.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC