sicnot

Perfil

Mundo

Clinton aceita fazer três debates com Trump na televisão

Candidata do partido democrata à Casa Branca

© Brian Snyder / Reuters

A candidata à Presidência dos EUA pelo Partido Democrata, Hillary Clinton, aceitou na segunda-feira fazer três debates na televisão com o rival do Partido Republicano, Donald Trump, durante a campanha para as eleições de novembro.

Os debates estão marcados para 26 de setembro e 9 e 19 de outubro, sendo que Trump criticou as duas primeiras datas por coincidirem com jogos do campeonato nacional de futebol americano e haver o risco de terem pouca audiência por causa disso.

A comissão que organiza os debates presidenciais respondeu à candidatura de Trump que "é impossível evitar todos os eventos desportivos" e lembrou que "nunca um debate foi reprogramado" por coincidir com um jogo.

Esta comissão organiza os debates entre candidatos à Casa Branca desde 1988 e os seus membros pertencem aos dois partidos.

  • Trump critica pais de soldado muçulmano morto no Iraque
    1:57

    Eleições EUA 2016

    A três meses das eleições nos Estados Unidos da América, Donald Trump mantém o seu estilo. Trump disse que o apoio de Bernie Sanders a Hillary Clinton significa um pacto com o diabo. O candidato à Casa Branca criticou as origens mexicanas do juiz de um tribunal distrital norte-americano e a liberdade de expressão da família muçulmana cujo filho morreu em combate no Iraque. O candidato foi criticado pelos colegas Republicanos.

  • Clint Eastwood escolhe Donald Trump
    1:40

    Eleições EUA 2016

    Clint Eastwood é respeitado pelo seu trabalho no cinema. Na política, nunca escondeu ser um homem conservador. Eastwood anunciou agora que prefere Donald Trump a Hillary Clinton. O realizador e ator diz que é um exagero que Trump seja considerado racista e elogia a forma de comunicar do republicano.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão