sicnot

Perfil

Mundo

Assassino em série conhecido como "Grim Sleeper" condenado à morte nos EUA

O assassino em série conhecido como "Grim Sleeper", que espalhou o medo em Los Angeles, nos Estados Unidos, durante duas décadas, foi esta quarta-feira condenado à morte por ter assassinado nove mulheres e uma adolescente.

Lonnie Franklin, de 63 anos, que ganhou o seu cognome macabro por ter deixado um intervalo de 13 anos entre os assassinatos, foi reconhecido, em maio, como culpado de 10 crimes de homicídio premeditado.

Foi também considerado culpado da tentativa de homicídio de Enietra Washington, que sobreviveu a um tiro e a ser atirada de uma viatura em andamento, no ano de 1988.

Durante o processo, de seis meses, os procuradores conseguiram ligar Franklin a outros cinco homicídios. Várias fotos de mulheres desaparecidas foram encontradas na sua casa pelos investigadores, que estimam que ele pode ter sido o autor de dezenas de outros assassinatos.

Franklin vai voltar para o corredor da morte californiano, o mais populoso dos Estados Unidos, com cerca de 750 condenados.

O Estado da Califórnia não avançou com nenhuma execução desde que a moratória foi instaurada, em 2006, devido a processos disciplinares ligadas às injeções letais.

Dale Athertton, um dos advogados de Franklin, afirmou que o caso será automaticamente alvo de recurso e que poderá depois ser levado ao Supremo Tribunal.

Lusa

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.