sicnot

Perfil

Mundo

Contra-almirante turco em missão na NATO pede asilo aos EUA

Um contra-almirante turco em missão na NATO pediu asilo aos EUA depois de Ancara ter decretado a sua prisão, na sequência da tentativa de golpe de Estado a 15 de julho na Turquia, divulgou esta quarta-feira a agência noticiosa Anadolu.

O contra-almirante Mustafa Zeki Ugurlu tem uma ordem de prisão expedida na Turquia e foi expulso das forças armadas do país, divulgou a agência de notícias estatal turca Anadolu.

As autoridades turcas detiveram milhares de militares, incluindo quase metade dos seus generais e almirantes, desde que uma fação militar alegadamente tentou derrubar, sem sucesso, o Presidente Recep Tayyip Erdogan a 15 de julho.

O contra-almirante - que estava colocado no Comando Aliado da NATO em Norfolk, no Estado norte-americano da Virgínia - solicitou asilo às autoridades norte-americanas, acrescentou a agência de notícias, sem fornecer a sua fonte.

Ugurlu não foi ouvido ainda pelas autoridades turcas desde que deixou a base, a 22 de julho.

A Anadolu não referiu se as autoridades norte-americanas aceitaram ou não o pedido de asilo.

A NATO disse esta quarta-feira que a adesão da Turquia à aliança militar não está "em questão", apesar do período conturbado em que se encontra o país.

A Turquia tem repetidamente pressionado Washington a extraditar o clérigo Fethullah Gülen, que vive na Pensilvânia e a quem as autoridades turcas atribuem a autoria da tentativa de golpe, alertando os Estados Unidos que as suas relações podem ser afetadas por causa desta questão.

Desde 15 de julho, dezenas de milhares de pessoas, entre militares, funcionários da área judicial, professores e outros civis, foram presos por suspeita de ligações ao clérigo Gülen e o seu movimento islâmico.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28