sicnot

Perfil

Mundo

Contra-almirante turco em missão na NATO pede asilo aos EUA

Um contra-almirante turco em missão na NATO pediu asilo aos EUA depois de Ancara ter decretado a sua prisão, na sequência da tentativa de golpe de Estado a 15 de julho na Turquia, divulgou esta quarta-feira a agência noticiosa Anadolu.

O contra-almirante Mustafa Zeki Ugurlu tem uma ordem de prisão expedida na Turquia e foi expulso das forças armadas do país, divulgou a agência de notícias estatal turca Anadolu.

As autoridades turcas detiveram milhares de militares, incluindo quase metade dos seus generais e almirantes, desde que uma fação militar alegadamente tentou derrubar, sem sucesso, o Presidente Recep Tayyip Erdogan a 15 de julho.

O contra-almirante - que estava colocado no Comando Aliado da NATO em Norfolk, no Estado norte-americano da Virgínia - solicitou asilo às autoridades norte-americanas, acrescentou a agência de notícias, sem fornecer a sua fonte.

Ugurlu não foi ouvido ainda pelas autoridades turcas desde que deixou a base, a 22 de julho.

A Anadolu não referiu se as autoridades norte-americanas aceitaram ou não o pedido de asilo.

A NATO disse esta quarta-feira que a adesão da Turquia à aliança militar não está "em questão", apesar do período conturbado em que se encontra o país.

A Turquia tem repetidamente pressionado Washington a extraditar o clérigo Fethullah Gülen, que vive na Pensilvânia e a quem as autoridades turcas atribuem a autoria da tentativa de golpe, alertando os Estados Unidos que as suas relações podem ser afetadas por causa desta questão.

Desde 15 de julho, dezenas de milhares de pessoas, entre militares, funcionários da área judicial, professores e outros civis, foram presos por suspeita de ligações ao clérigo Gülen e o seu movimento islâmico.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.