sicnot

Perfil

Mundo

Contra-almirante turco em missão na NATO pede asilo aos EUA

Um contra-almirante turco em missão na NATO pediu asilo aos EUA depois de Ancara ter decretado a sua prisão, na sequência da tentativa de golpe de Estado a 15 de julho na Turquia, divulgou esta quarta-feira a agência noticiosa Anadolu.

O contra-almirante Mustafa Zeki Ugurlu tem uma ordem de prisão expedida na Turquia e foi expulso das forças armadas do país, divulgou a agência de notícias estatal turca Anadolu.

As autoridades turcas detiveram milhares de militares, incluindo quase metade dos seus generais e almirantes, desde que uma fação militar alegadamente tentou derrubar, sem sucesso, o Presidente Recep Tayyip Erdogan a 15 de julho.

O contra-almirante - que estava colocado no Comando Aliado da NATO em Norfolk, no Estado norte-americano da Virgínia - solicitou asilo às autoridades norte-americanas, acrescentou a agência de notícias, sem fornecer a sua fonte.

Ugurlu não foi ouvido ainda pelas autoridades turcas desde que deixou a base, a 22 de julho.

A Anadolu não referiu se as autoridades norte-americanas aceitaram ou não o pedido de asilo.

A NATO disse esta quarta-feira que a adesão da Turquia à aliança militar não está "em questão", apesar do período conturbado em que se encontra o país.

A Turquia tem repetidamente pressionado Washington a extraditar o clérigo Fethullah Gülen, que vive na Pensilvânia e a quem as autoridades turcas atribuem a autoria da tentativa de golpe, alertando os Estados Unidos que as suas relações podem ser afetadas por causa desta questão.

Desde 15 de julho, dezenas de milhares de pessoas, entre militares, funcionários da área judicial, professores e outros civis, foram presos por suspeita de ligações ao clérigo Gülen e o seu movimento islâmico.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".