sicnot

Perfil

Mundo

NATO acompanha "com preocupação" aumento de tensão entre Moscovo e Kiev

A NATO está a acompanhar "de perto e com preocupação" a nova escalada de tensão entre Rússia e Ucrânia, depois de os serviços secretos russos terem acusado Kiev de preparar "atentados" na Crimeia, indicou um responsável da organização.

A Ucrânia desmentiu tais acusações, que deram origem a trocas de palavras de agressividade rara entre os dois países, mais de dois anos após a anexação da península ucraniana da Crimeia pelos russos.

"Estamos a acompanhar de perto e com preocupação" a situação, disse à agência de notícias francesa, AFP, um responsável da NATO, expressando confiança em Kiev, segundo ele, determinada em "restaurar a sua integridade territorial por meios exclusivamente políticos e diplomáticos".

"Tranquiliza-nos a condenação convicta pela Ucrânia do terrorismo sob todas as suas formas", prosseguiu o responsável que solicitou o anonimato, considerando que "a Rússia não forneceu qualquer prova tangível para as acusações que fez à Ucrânia".

Segundo a mesma fonte, é evidente que "a atividade militar recente da Rússia na Crimeia não ajuda a apaziguar as tensões", pelo que exortou Moscovo a trabalhar "para a calma e a redução da tensão".

A Aliança Atlântica está também "profundamente preocupada com a recente escalada da violência no leste da Ucrânia e o aumento das violações do cessar-fogo", "principalmente" pelos separatistas apoiados pela Rússia, disse o responsável, instando as duas partes a regressarem à mesa das negociações.

Lusa

  • Moutinho e Rafael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • "Procedi nesta matéria como procedo em todas as outras"
    0:40

    País

    O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, não esclarece se falou diretamente com Rui Rio sobre o projeto de lei dos combustíveis do CDS antes do voto favorável estar decidido. No entanto, disse que o processo de decisão foi igual a todos os outros. O presidente do PSD era contra o diploma dos centristas.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.