sicnot

Perfil

Mundo

Turquia anula licenças de ensino de 27 mil professores por alegadas ligações a Gulen

© Umit Bektas / Reuters

O Governo turco anulou as licenças de ensino de 27.424 professores do privado por considerar que mantêm ligações à confraria de Fethullah Gulen, acusado de instigar a tentativa de golpe de Estado de 15 de julho.

A medida foi primeiro noticiada pelo jornal Hurriyet e depois confirmada pelo ministro da Educação, Ismet Yilmaz, segundo o qual o Governo pretende encerrar todas as instituições de ensino vinculadas a "estruturas do Estado paralelo", referindo-se à confraria.

"Nas escolas vinculadas às estruturas do Estado paralelo há 138.000 alunos. Vamos transferi-los (...). A nossa prioridade é que as crianças não sejam prejudicadas e tomaremos todas as medidas com esse fim", disse o ministro à imprensa.

O responsável anunciou também a contratação de 15.000 professores substitutos.

O afastamento destes 27.424 professores do setor privado ocorre depois de o Governo ter suspendido 15.200 professores do público, segundo números oficiais divulgados na semana passada.

O total de funcionários suspensos em relação com a tentativa de golpe ascende a cerca de 70.000.

Lusa

  • Presidente turco instaura estado de emergência para "erradicar" opositores
    1:43

    Mundo

    O Presidente turco instaurou esta noite o estado de emergência com uma duração de três meses. Erdogan justifica a decisão com a necessidade de tomar medidas rápidas e eficazes. O objectivo é atacar o movimento inspirado no clérigo Fethullah Gulen, exilado nos Estados Unidos, e que Ancara considera ser um dos mentores da tentativa de golpe de estado.

  • Erdogan exige a extradição de Gulen

    Mundo

    Numa entrevista exclusiva que o Presidente da Turquia deu à televisão norte-americana CNN, no Palácio Presidencial de Istambul, o líder turco exigiu a extradição do clérigo Fethullah Gülen, que acusa de estar por detrás da tentativa de golpe de Estado da passada sexta-feira.

  • "Esses atos opressivos não beneficiam o presidente deste país"
    1:59

    Mundo

    Numa entrevista à Associated Press, Fethullah Gulen diz que o Presidente turco orquestrou uma farsa para alcançar determinados objectivos políticos. O clérigo muçulmano, acusado pelo regime turco de estar por detrás do golpe de estado falhado na Turquia, nega qualquer envolvimento nos acontecimentos de sexta-feira.

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.