sicnot

Perfil

Mundo

Onze explosões na Tailândia em 24 horas são "sabotagem local"

Pelo menos 11 bombas explodiram em cinco locais de províncias do sul da Tailândia desde quinta-feira, incluindo em estâncias turísticas, segundo a polícia.

© Reuters TV / Reuters

A polícia da Tailândia disse hoje que as 11 explosões no país em 24 horas, que mataram quatro pessoas, são uma "sabotagem local". "Isto não é um ataque terrorista. É só uma sabotagem local", disse um porta-voz da polícia numa conferência de imprensa em Banguecoque.

Pelo menos 11 bombas explodiram em cinco locais de províncias do sul da Tailândia desde quinta-feira, incluindo em estâncias turísticas, segundo a polícia.

Quatro pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas.

Entre os feridos há pessoas de diversas nacionalidades e diversos países, como a Austrália e o Reino Unido, já pediram aos seus cidadãos para evitarem frequentar locais públicos na Tailândia.

Os atentados e ataques na Tailândia são habituais no sul do país, devido a um conflito separatista que já matou mais de 6.500 pessoas desde 2004.

A Tailândia é neste momento governada por uma junta militar que tomou o poder em 2014, num golpe de Estado.

No fim de semana, foi aprovada em referendo a proposta de Constituição da junta militar.

O chefe da junta militar disse hoje que "as bombas querem semear o caos".

Prayut Chan-O-Cha apelou à calma e disse não saber quem está por trás destes ataques.

Lusa

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual em que aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.