sicnot

Perfil

Mundo

Papa faz visita surpresa a ex-prostitutas em Roma

© Stefano Rellandini / Reuters

O Papa Francisco surpreendeu esta sexta-feira 20 antigas prostitutas quando lhes bateu à porta em Roma e entrou para conversar.

Francisco, que tem qualificado o tráfico humano por detrás da prostituição como "um crime contra a humanidade", sentou-se com o grupo que incluía duas mulheres da Albânia, sete da Nigéria e seis da Roménia.

As outras três eram de Itália, da Tunísia e da Ucrânia, segundo um comunicado do Vaticano.

As mulheres, todas com cerca de 30 anos, estão num apartamento na capital italiana depois de terem sido salvas por uma associação católica dos homens que as obrigavam a prostituir-se.

O Papa ouviu durante uma hora as histórias das antigas escravas sexuais, que "sofreram abusos físicos graves e vivem sob proteção", disse o Vaticano.

A visita foi feita durante as "Sextas-feiras de Misericórdia" de Francisco, nas quais o Papa realiza um ato de misericórdia que não está na agenda uma vez por mês à sexta-feira -- normalmente em Roma -- durante o ano do Jubileu do Papa, que começou em dezembro e termina em novembro.

Em janeiro, visitou um lar de idosos e, em fevereiro, foi a uma comunidade de toxicodependentes. Em março foi visitar um centro de refugiados e, depois, requerentes de asilo na ilha grega de Lesbos em abril.

O pontífice passou também algum tempo com pessoas com doenças mentais em maio e, em junho, visitou padres doentes. A "Sexta-feira de Misericórdia" de julho foi dedicada a crianças doentes em Cracóvia, depois de rezar pelas vítimas do holocausto no campo de concentração nazi de Auschwitz-Birkenau.

Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.