sicnot

Perfil

Mundo

Turquia acusa ex-futebolista Hakan Sukur de envolvimento no golpe de Estado

Após terminar a carreira como futebolista, Sukur (à direita) tornou-se membro do Partido da Justiça e do Desenvolvimento, liderado por Erdogan (à esquerda), tendo sido eleito deputado, em 2011. Contudo, nos últimos anos, Sukur opôs-se às medidas impostas por Erdogan.

© Umit Bektas / Reuters

O ex-jogador de futebol turco Hakan Sukur é alvo de um mandado de captura por alegado envolvimento na tentativa de golpe de Estado de 15 de julho, noticia hoje a imprensa da Turquia.

Segundo as notícias, Sukur é acusado pelas autoridades judiciais da província de Sakarya, a leste de Istambul, de estar envolvido na organização liderada por Fethullah Gulen, exilado nos Estados Unidos, e apontado por Ancara como o organizador da intentona militar.

De acordo com a agência de notícias Anadolu, a acusação refere que o antigo jogador de futebol internacional turco "é membro de um grupo terrorista armado": a Organização Terrorista Fethullah (FETO, na sigla em turco), tal como é designado pelo governo de Ancara o organismo supostamente liderado por Fethullah Gulen.

O líder religioso, e membro da oposição, exilado em território norte-americano já negou a existência de qualquer organização relacionada com o golpe de Estado falhado de 15 de julho.

A agência Anadalou refere também que foi emitido uma ordem de prisão que visa o pai de Selmet Sukur.

A mesma notícia indica que os dois homens não foram encontrados pela polícia nas residências de que são proprietários em Ancara e Sakarya, depois de terem sido decretadas as ordens de prisão, acrescentando que vários familiares do jogador abandonaram a Turquia em 2015.

A nota da agência Anadalou afirma que é possível que Sukur se encontre nos Estados Unidos.

Hakan Sukur foi uma das estrelas da seleção de futebol da Turquia, que conseguiu o terceiro lugar no Campeonato Mundial de Futebol de 2002.

O ponta-de-lança Hakan Sukur foi jogador de futebol entre 1987 e 2007 tendo sido o melhor marcador da história da Turquia.

Além de ter jogado no clube de Istambul, Galatasaray, fez parte das equipas do Inter de Milão e Parma, em Itália e do Blackburn Rovers, no Reino Unido.

O golo que marcou contra a seleção da Coreia do Sul, nos primeiros segundos da partida, em 2002, continua a ser o golo mais rápido da história dos campeonatos mundiais de futebol.

Após terminar a carreira como futebolista, Sukur tornou-se membro do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP), liderado por Erdogan, tendo sido eleito deputado, em 2011.

Sukur apresentou a demissão depois de revelados escândalos de corrupção que visavam a família do presidente turco e de várias outras personalidades do partido no poder, tendo-se aproximado do movimento de Gulen, antigo aliado do chefe de Estado e líder do AKP.

Nos últimos anos, Sukur opôs-se às medidas impostas por Erdogan que obrigaram ao encerramento das escolas fundadas pelo Hizmet, o movimento fundado por Gulen.

Lusa

  • Tomadas medidas para evitar danos ambientais após acidente na barra da Armona
    1:49

    País

    Quatro tripulantes foram transportados para o hospital com hipotermia, depois de terem caído ao mar. A embarcação onde seguiam, e que faz trabalhos de reposição de areias, virou-se esta manhã, na ilha da Armona, em Olhão. As autoridades vão abrir um inquérito para apurar as causas do acidente e estão a tomar medidas para evitar danos ambientais, visto que a embarcação transportava 12 mil litros de gasóleo.

  • Papa no Chile em ambiente de contestação à Igreja Católica
    3:13

    Mundo

    O Papa pediu hoje perdão pelos crimes de pedofilia cometidos por membros da Igreja Católica no Chile, referindo que sentiu "dor e vergonha" diante do "dano irreparável" causado às crianças vítimas de abuso sexual. Francisco está a cumprir uma deslocação de três dias ao Chile, onde a contestação à visita e à Igreja se faz sentir. O Papa enfrenta um ambiente hostil na sexta viagem à América Latina, devido à denúncia de abusos sexuais na Igreja.

  • Domingos Paciência sai do Belenenses

    Desporto

    Domingos Paciência deixou esta terça-feira o comando técnico do Belenenses. O treinador e a SAD do clube chegaram a acordo para a rescisão amigável do contrato.

    Em atualização

  • Reviravolta na Operação Fizz
    1:09

    País

    O juiz que vai julgar o chamado processo da Operação Fizz decidiu aceitar as denúncias de Orlando Figueira contra o presidente do Banco Atlântico e o advogado Daniel Proença de Carvalho. As acusações do principal arguido contra o banqueiro Carlos Silva e o advogado Proença de Carvalho podem trazer uma reviravolta ao processo.

  • Apoio psicológico fundamental em Vila Nova da Rainha
    2:19
  • Projeto Bairros Sem Cárie levou 300 pessoas do Seixal ao dentista
    3:08

    País

    Portugal tem dos piores indicadores de saúde oral da Europa e ir ao dentista é quase um luxo. Num país assim ganham ainda mais relevância iniciativas como o projeto Bairros Sem Cárie. 300 pessoas de bairros sociais do Seixal tiveram uma consulta de estomatologia gratuita.

  • Homem rompe a garganta ao tentar impedir espirro

    Mundo

    Impedir um espirro apertando o nariz pode causar sérias lesões. Foi o que aconteceu a um homem na Grã-Bretanha que teve de ser hospitalizado porque sofreu uma rutura na garganta ao apertar boca e nariz ao espirrar.