sicnot

Perfil

Mundo

Pânico no aeroporto JFK em Nova Iorque após falso alarme de disparos

Pânico no aeroporto JFK em Nova Iorque após falso alarme de disparos

Rumores da ocorrência de tiros provocaram momentos de pânico no principal aeroporto de Nova Iorque na noite de domingo, e levaram as autoridades aeroportuárias a evacuar pelo menos dois terminais. Centenas de passageiros ficaram bloqueadas durante mais de duas horas no terminal 1 do aeroporto internacional John F. Kennedy. O pânico generalizou-se depois de a polícia ter mandado os passageiros deitarem-se no chão, antes de serem retirados do local.

Segundo as autoridades de Nova Iorque e Nova Jersey citadas pela AFP, uma investigação preliminar concluiu que não tinham sido efetuados disparos e que não havia feridos. Dois terminais foram evacuados por precaução.


A investigação continuava em curso e polícias foram destacados para os aeroportos JFK e La Guardia. O porta-voz Joe Pentangelo disse que as informações dos disparos eram, segundo a polícia da Autpridade Portuária, "infundadas".

  • Militares da revolução denunciam corrupção nos órgãos de poder
    3:22

    País

    O presidente da Associação 25 de Abril acusa a classe política de não ter interesse em travar a corrupção em Portugal. Vasco Lourenço e Otelo Saraiva de Carvalho, dois dos militares da revolução, consideram que a corrupção está entranhada nos órgãos de poder e deve ser denunciada.

  • "Está prevista mais uma melhoria do rating para breve"
    2:46
  • Fábrica na Covilhã vai produzir para marcas de luxo
    1:47

    Economia

    A Covilhã foi a cidade portuguesa escolhida para a instalação de uma nova fábrica de produção de peças para marcas de luxo. O Grupo FM Industries Sycrilor vai reforçar o investimento na cidade e será responsável pelo polimento de metais para as marcas Louis Vuitton e Cartier.