sicnot

Perfil

Mundo

EUA transferem 15 presos de Guantánamo para os Emirados Árabes Unidos

Quinze presos da prisão de Guantánamo foram transferidos para os Emirados Árabes Unidos, sendo o maior grupo libertado nos últimos anos, anunciou o Pentágono.

"Os Estados Unidos agradecem ao governo dos Emirados Árabes Unidos pelo seu gesto humanitário e vontade em apoiar os esforços dos Estados Unidos para fechar o estabelecimento prisional de Guantánamo", disse o Pentágono, em comunicado.

Com esta transferência, o número de presos que ainda se encontra na prisão de Guantánamo desce para 61.

A transferência dos presos tinha sido já anunciada pela Amnistia Internacional, mas o Pentágono tinha, até agora, recusado comentar essa informação.

A prisão foi criada quando George W. Bush era presidente dos Estados Unidos, para manter os prisioneiros da "guerra contra o terrorismo", depois do 11 de setembro de 2001.

O atual presidente norte-americano, Barack Obama, prometeu encerrar a prisão em 2009, mas isso não aconteceu até agora, apesar de as libertações terem acelerado nos últimos tempos.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47