sicnot

Perfil

Mundo

Hollande pede a Merkel e Poroshenko para ser evitada violência na Ucrânia

Angela Merkel, François Hollande e Petro Poroshenko

© Axel Schmidt / Reuters

O Presidente francês, François Hollande, pediu esta terça-feira à chanceler alemã, Angela Merkel, e ao chefe de Estado ucraniano, Petro Poroshenko, para ser evitada qualquer escalada do conflito no este da Ucrânia.

Em comunicado, a Presidência francesa explicou que François Hollande reiterou aos seus interlocutores a sua disponibilidade para uma nova cimeira, no âmbito do chamado formato da Normandia (Ucrânia, Rússia, França e Alemanha).

François Hollande sublinhou que a França não reconhece, nem reconhecerá a "anexão ilegal" da Crimeia pela Rússia, mas também defendeu a necessidade de prosseguirem as negociações para se chegar a um consenso pacífico para aquela região ucraniana.

A solução, segundo a Presidência francesa, implicará o "restabelecimento da segurança, um cessar-fogo duradouro e a organização de eleições no âmbito da legislação ucraniana e o respeito dos direitos internacionais".

O Eliseu defendeu igualmente a aplicação do "conjunto dos acordos de Minsk".

Lusa

  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, fez 100 dias este sábado. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52