sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito de atear fogos na Califórnia detido

O suspeito de atear fogos na Califórnia, nos EUA, foi detido pelas autoridades esta segunda-feira. O homem, de 40 anos, foi identificado como responsável por duas dezenas de fogos que já detruíram 175 casas e mais de 30 mil hectares.

As chamas continuam a ser combatidas por mais de 1500 bombeiros e centenas de pessoas que tiveram que abandonar as casas ainda não puderam regressar e perceber o estado em que se encontram.
As autoridades dizem que na linha do fogo há mais de mil edifícios em risco.
Em Clayton e no condado de San Luis Obispo, foi declarado o estado de emergência.

  • Mais de 24 incêndios ativos na Califórnia
    1:56

    Mundo

    Incêndios de grandes dimensões ainda estão ativos na Califórnia desde o fim-de-semana. O primeiro fogo desta vaga começou há mais de três semanas e, de acordo com as autoridades, não há previsão de melhorias. Mark Giberson, um americano residente em Lower Lake, viu todas as suas memórias de vida desaparecer em menos de 24 horas.

  • "O euro como o conhecemos é uma construção imperfeita"
    1:26

    Economia

    O primeiro-ministro diz que o euro como o conhecemos é uma construção imperfeita e que sem regras iguais para todos não é possível a reforma da moeda única. As declarações de António Costa foram feitas esta terça-feira, em Lisboa, numa conferência intitulada de "Consolidar o Euro. Promover a Convergência".

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.