sicnot

Perfil

Mundo

Tribunal da Turquia ordena encerramento de jornal pró-curdo

© Murad Sezer / Reuters

Um tribunal da Turquia ordenou esta terça-feira o encerramento temporário do jornal pró-curdo Ozgur Gündem, acusado de difundir propaganda do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, em conflito com o Estado turco, noticiou a agência estatal Anadolu.

Segundo o tribunal, o jornal "atuou como meio de comunicação 'de facto'" do PKK, considerado um grupo terrorista pelas autoridades.

Um responsável judicial confirmou a decisão à agência France-Presse, mas afirmou que ela não está relacionada com o estado de emergência declarado no país após a tentativa de golpe de Estado de 15 de julho.

"Os arguidos podem recorrer da decisão", disse, pedindo anonimato.

Lançado em 1992, o diário Ozgur Gündem foi várias vezes no passado alvo de ordens judiciais de encerramento e alguns dos seus jornalistas foram detidos. O jornal esteve fechado entre 1994 e 2011, quando voltou a ser publicado.

O jornal, com uma tiragem inferior a 7.000, tem nomeadamente publicado artigos do líder do PKK, Abdullah Ocalan, na prisão desde 1999.

Desde o golpe falhado, as autoridades ordenaram o encerramento de 130 meios de comunicação ao abrigo do estado de emergência.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.