sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 500 pessoas retiradas de navio de cruzeiro em Porto Rico devido a incêndio

As autoridades de Porto Rico retiraram esta quarta-feira cerca de 500 pessoas de um navio de cruzeiro procedente da República Dominicana devido a um incêndio a bordo, que não provocou vítimas.

© Alvin Baez / Reuters

Embarcações da Guarda Costeira e da Polícia de Porto Rico retiraram os passageiros do navio Caribbean Fantasy, que foram assistidos em San Juan por equipas médicas da Administração de Serviços Médicos do Governo da ilha.

Alguns passageiros receberam assistência médica devido a inalação de fumos e a polícia informou que várias pessoas foram transferidas para um centro médico de San Juan, capital de Porto Rico, devido a crises nervosas provocadas pelo acidente.

O cruzeiro Caribbean Fantasy, da America Cruise Ferries, partiu terça-feira de Santo Domingo, tendo o alerta para incêndio sido dado às 08:00 locais (13:00 em Lisboa) já a poucos quilómetros do porto de San Juan.

Lusa

Carlos Giusti

© Handout . / Reuters

Carlos Giusti

  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Inspetores do SEF cansados das promessas do Governo
    1:00

    País

    O sindicato do SEF garante que a segurança contra o terrorismo vai ser assegurada na greve de quinta-feira e sexta-feira nos aeroportos. Acácio Pereira, do sindicato, diz que os inspetores são quase escravos e que estão fartos das promessas do Governo. A greve deverá afetar cerca de 30 mil pessoas. 

  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".