sicnot

Perfil

Mundo

Depois de Cannes, Villeneuve-Loubet e Sisco proibem o uso do burkini

Depois de Cannes, Villeneuve-Loubet e Sisco proibem o uso do burkini

Depois de Cannes, são mais duas as cidades francesas, Villeneuve-Loubet e Sisco, a proibirem o uso do burkini. Até agora, pelo menos três mulheres já foram multadas por usarem o fato de banho islâmico.

  • Mulheres multadas em França por estarem "demasiado cobertas"
    0:46

    Mundo

    A recente proibição do burkini nas localidades francesas de Cannes e Sisco reabriu o debate na Europa sobre o uso do véu islâmico no espaços públicos. Várias mulheres que tomavam banho "demasiado cobertas" receberam advertências e foram mesmo multadas. As autoridades justificam a proibição do burkini com motivos de segurança, considerando que o fato de banho muçulmano demonstra, "de forma ostensiva, a pertença a uma religião".

  • Uso do burkini banido das praias de Cannes

    Mundo

    As autoridades locais de Cannes, no sul de França, proibiram o uso burkini, fato-de-banho islâmico que tapa totalmente o corpo. A decisão de banir a utilização do burkini das praias de Cannes baseia-se no facto desta peça de roupa "ser um símbolo do extremismo islâmico", explicou o presidente da Câmara, David Lisnard.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15