sicnot

Perfil

Mundo

Depois de Cannes, Villeneuve-Loubet e Sisco proibem o uso do burkini

Depois de Cannes, Villeneuve-Loubet e Sisco proibem o uso do burkini

Depois de Cannes, são mais duas as cidades francesas, Villeneuve-Loubet e Sisco, a proibirem o uso do burkini. Até agora, pelo menos três mulheres já foram multadas por usarem o fato de banho islâmico.

  • Mulheres multadas em França por estarem "demasiado cobertas"
    0:46

    Mundo

    A recente proibição do burkini nas localidades francesas de Cannes e Sisco reabriu o debate na Europa sobre o uso do véu islâmico no espaços públicos. Várias mulheres que tomavam banho "demasiado cobertas" receberam advertências e foram mesmo multadas. As autoridades justificam a proibição do burkini com motivos de segurança, considerando que o fato de banho muçulmano demonstra, "de forma ostensiva, a pertença a uma religião".

  • Uso do burkini banido das praias de Cannes

    Mundo

    As autoridades locais de Cannes, no sul de França, proibiram o uso burkini, fato-de-banho islâmico que tapa totalmente o corpo. A decisão de banir a utilização do burkini das praias de Cannes baseia-se no facto desta peça de roupa "ser um símbolo do extremismo islâmico", explicou o presidente da Câmara, David Lisnard.

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.