sicnot

Perfil

Mundo

Julho foi o mês mais quente da história moderna

O mês de julho foi o mais quente da história moderna no planeta Terra, estabelecendo um recorde desde o início dos registos de temperaturas, há 137 anos, anunciaram esta quarta-feira especialistas norte-americanos.

"A temperatura média global à superfície da terra e dos oceanos foi, em julho de 2016, a mais quente não só dos meses de julho mas de qualquer mês nos anais dos registos de temperaturas da Agência Oceânica e Atmosférica Norte-Americana (NOAA), que remontam a 1880", indicou a instituição.

O anterior recorde tinha sido alcançado em julho do ano passado, sendo este mês tradicionalmente o mais quente do ano na Terra.

Foi também a 15.ª vez consecutiva que um recorde mensal de temperatura foi batido, "a mais longa série deste tipo em 137 anos", referiu a NOAA.

Em julho, a temperatura média global à superfície terrena e à superfície dos oceanos foi de 16,67 graus Celsius, ou seja, 0,87ºC acima da média do século XX. O recorde de 2015 foi batido por 0,06ºC.

Outro sinal do aquecimento global é que julho foi o 379.º mês consecutivo com temperaturas acima da média do século XX. É preciso recuar a dezembro de 1984 para encontrar um registo um pouco inferior à média.

Lusa

  • Julho foi o mês mais quente de sempre

    Mundo

    A Terra atingiu no passado mês de julho as temperaturas mais elevadas desde que há registos, segundo a NASA. A agência espacial norte-americana estima que a média de temperaturas tenha sido 0,84 graus Celsius mais elevada do que a média global verificada no mesmo mês entre 1950 e1980.

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura durante a noite. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vitima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.