sicnot

Perfil

Mundo

Três mortos e dez feridos em violenta manifestação na capital do Mali

Pelo menos três pessoas morreram e dez ficaram feridas esta quarta-feira em Bamaco, quando uma manifestação de um grupo de jovens em frente a um tribunal desembocou em confrontos com a polícia, indicaram fontes médicas.

Milhares de manifestantes dirigiram-se esta quarta-feira de manhã para o tribunal de primeira instância da capital do Mali, situado no quarto bairro, para protestar contra a detenção e julgamento de um jovem 'blogger' muito popular, e depois irromperam pelo edifício do tribunal, noticiou a agência noticiosa espanhola Efe.

Os manifestantes bloquearam também os acessos ao bairro com pneus incendiados e o lixo dos contentores mais próximos.

Os agentes da polícia do Mali tentaram em vão fazer dispersar os manifestantes com gás lacrimogéneo, mas não conseguiram dissuadir muitos deles, que lhes atiravam pedras.

Fontes policiais acrescentaram que os veículos do Estado foram incendiados e alguns edifícios públicos saqueados pelos manifestantes e que as lojas da zona pura e simplesmente fecharam.

O 'blogger' Mohamed Yussef Bassili, mais conhecido como "Ras Badhilly", filho de um ministro do Governo do Mali, está a ser julgado por injúrias e difamação.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.