sicnot

Perfil

Mundo

Turquia liberta 38 mil presos condenados antes da tentativa de golpe de Estado

A Turquia vai libertar 38 mil prisioneiros condenados por crimes cometidos antes do dia 01 de julho, anunciou hoje o ministro da Justiça turco.

A decisão está aparentemente relacionada com a sobrelotação das prisões depois da tentativa de golpe de Estado do passado dia 15 de julho.

O ministro da Justiça, Bekir Bozdag, numa série de 19 mensagens difundidas através das redes sociais, sublinhou que a medida "não se trata de uma amnistia" e que vai ser aplicada apenas aos presos que cometeram crimes antes do dia 01 de julho.

Segundo as mesmas mensagens, citadas pela France Presse, a ordem do governo não é aplicada aos condenados por assassinato, terrorismo ou crimes contra a segurança de Estado, tais como os milhares de pessoas supostamente envolvidos no golpe falhado de 15 de julho.

Lusa

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.