sicnot

Perfil

Mundo

Grécia recebeu pedido oficial para a extradição de oito militares da Turquia

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Atenas recebeu o pedido para a extradição de oito militares turcos que fugiram do país poucas horas depois do fracassado golpe de Estado, a 15 de julho, e que solicitaram asilo na Grécia, revelou esta quinta-feira fonte diplomática grega.

"O pedido de extradição foi recebido quarta-feira e comunicado ao Ministério da Justiça", indicou uma fonte diplomática helénica à AFP.

Esse pedido deve ser encaminhado na sexta-feira para o Ministério Público para análise, afirmou a advogada do grupo, Stavroula Tomara, à agência noticiosa francesa.

A Turquia suspeita que os oito militares participaram no golpe de Estado fracassado, algo que os mesmos negam.

Na sexta-feira, o serviço de asilo vai realizar as audiências previstas com os oito homens - dois comandantes, quatro capitães e dois sargentos - para avaliar os seus pedidos.

O capitão Feridun Coban vai ser o primeiro a ser ouvido no âmbito desse procedimento inicial, pelo qual vão passar os oito até ao próximo dia 30, detalhou Tomara.

Uma decisão sobre o pedido de asilo não deve ser tomada em menos de 15 dias, precisou ainda a advogada.

Os oito militares pediram asilo à Grécia após a aterragem do seu helicóptero Black Hawk na cidade de Alexandroupoli (nordeste da Grécia, perto da fronteira).

Segundo a advogada, que substituiu um primeiro defensor, os oito invocaram os riscos que correm no caso de serem repatriados para a Turquia, onde o governo tem levado a cabo uma purga em massa no exército, na função pública e no setor privado, após o fracassado golpe de Estado.

Tomara advertiu nomeadamente para a eventual restauração da pena de morte no país, evocada pelos dirigentes turcos.

Os militares turcos foram autorizados a aterrar pelas autoridades gregas após o envio de um sinal de alarme.

O tribunal de Alexandroupoli condenou-os a dois anos de prisão com pena suspensa por entrada ilegal no território grego, considerando o facto de os militares, que negam ter participado na abortada tentativa de golpe, referirem que se sentiram ameaçados.

Este caso ameaça agravar as já delicadas relações entre Atenas e Ancara, dois aliados na NATO, e após as autoridades turcas terem designado os oito homens de "terroristas".

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.