sicnot

Perfil

Mundo

Polícia turca lança operação contra suspeitos de financiar Fethullah Gülen

A polícia turca lançou hoje uma operação em Istambul, centro económico, e noutras províncias contra empresas suspeitas de financiarem o clérigo Fethullah Gülen, que as autoridades acusam de instigar o golpe falhado em julho, informou a imprensa local.

​Foram emitidos 187 mandados de prisão no quadro da operação, a segunda desde o início da semana, que visa sobretudo empresários conhecidos, informou a estação CNN-Türk.

Um milhar de polícias levou a cabo a operação durante a madrugada em vários bairros de Istambul, segundo a CNN-Türk.

Na terça-feira, uma operação similar visou empresas conhecidas como sendo próximas do clérigo muçulmano autoexilado nos Estados Unidos desde 1999. Cerca de 100 pessoas ficaram em prisão preventiva.

Na noite de quarta-feira, o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, disse que no quadro da purga massiva lançada na função pública contra os simpatizantes de Gülen, inimigo designado do Presidente Recep Tayyip Erdogan, 40.029 pessoas foram colocadas em detenção, das quais 20.335 acusadas e presas.

Mais de 5.000 funcionários foram demitidos e quase 80.000 foram suspensos, acrescentou durante uma entrevista à estação pública.

Lusa

  • Défice caiu mais de 2,6 mil milhões de euros até outubro

    Economia

    O défice das administrações públicas foi de 1.838 milhões de euros até outubro, bem abaixo dos cerca de 4.500 milhões de há um ano. É "uma melhoria de 2.664 milhões de euros" em relação ao mesmo período do ano passado, aponta o Ministério das Finanças.

  • O que têm ice tea, colas e leite com chocolate em comum? O PAN explica
    1:36
  • Vodafone Mexefest arranca hoje
    2:29